domingo, 9 de maio de 2010

Curiosidades sobre a Copa do Mundo de 1930

Foi exibida neste domingo, no programa Esporte Espetacular da Rede Globo, uma reportagem interessantíssima sobre a Copa de 1930, ocorrida no Uruguai. Além de ter sido a primeira copa do mundo, também possui algumas peculiaridades, das quais na reportagem de Regis Rosing, são apresentadas. A primeira grande curisidade é de que o capitão da França, Alexandre Villaplane foi um dos jogadores de maior destaque na França do final da década de 20. Duro na marcação, bom passador e tido como o melhor cabeceador do país naquela época, em 13 de julho de1930 ele adentrou o gramado do estádio de Pocitos, no Uruguai, com um buquë de flores. Foi o capitão da seleção no jogo de estreia, contra o México. Os franceses golearam por 4 a 1, e Villaplane definiu o dia como o mais feliz de sua vida.

O repórter Régis Rösing conversou no Uruguai com o francês Jacques Simon, advogado aposentado de 89 anos. Ele testemunhou aquela partida e, pouco mais de uma década depois, ao voltar à França para lutar na Resistëncia contra o nazismo, teve o dissabor de reencontrar Villaplane em outro papel: o de sub-tenente da Brigada Norte-Africana, unidade a serviço de Hitler que delatava, caçava e matava judeus e inimigos do regime instalado na Paris ocupada. O ex-capitão da seleção integrava uma gangue conhecida por sua violência e sadismo, e, segundo testemunhas, apertou ele mesmo o gatilho em diversas execuções sumárias.
Além de contar a história do primeiro gol em copas do mundo, marcado por Lucien Laurent (jogando ao lado de Villaplane). além ainda, a emocionante história de Héctor "Manco" Castro, que perdera a mão direita em um acidente com serra elétrica, aos 13 anos, e ainda o argentino Francisco Varallo, que hoje, aos 100 anos, é o único sobrevivente entre os jogadores que disputaram a final da Copa de 1930.

Parabéns Régis e equipe do Globo Esporte pela belíssima reportagem!!!

Link relacionado: http://globoesporte.globo.com/programas/esporte-espetacular/noticia/2010/05/capitao-da-franca-na-copa-de-1930-virou-assassino-servico-de-hitler.html

0 comentários:

Postar um comentário