domingo, 31 de julho de 2011

III Congresso Ibero-americano e XXIV Seminário Interuniversitário de Pedagogia Social

Imagem: reprodução site da ULBRA
A Sociedade Ibero-americana de Pedagogia Social - SIPS, em parceria com a Universidade Luterana do Brasil (ULBRA), apresenta a terceira edição do Congresso Ibero-americano de Pedagogia Social, cujos debates e socialização de fazeres e saberes terão lugar nos dias 19, 20 e 21 de outubro de 2011, no campus Canoas da Universidade, no Rio Grande do Sul, Brasil.
Sob o tema “A Pedagogia Social no diálogo Educação Popular-Educação Social”, o III Congresso e XXIV Seminário Interuniversitário de Pedagogia Social contará com contribuições nos âmbitos acadêmicos, comunitários, culturais e políticos, cujos fazeres constitui manifestos populares voltados para a educação pela cidadania, direitos humanos, luta contra pobreza e exclusão social, formação de redes sociais e investigações no campo em estudo, que representam os eixos do presente evento.
Somam-se, a sua programação, estudiosos e práticos da Pedagogia Social, Educação Social e Educação Popular do Brasil, Espanha, Uruguai, Argentina, Chile e demais países, que com seus olhares contribuem para a transformação social, qualificando a cidadania planetária, cujas participações vêm se consolidando desde as edições anteriores.
Estruturado em torno de conferências, mesas-redondas, mesas-temáticas, minicursos, comunicações orais e sessão de pôsteres, o III Congresso e XXIV Seminário Interuniversitário convidam todos os interessados em conhecer e socializar seus saberes e fazeres a somarem-se à Programação Científica com suas propostas de trabalho.
Idiomas oficiais: português e espanhol
Público-alvo
Educadores, assistentes sociais e trabalhadores sociais, mestres, pedagogos e psicopedagogos, cientistas sociais, acadêmicos, responsáveis políticos/gestores e profissionais das Administrações pública e privada, membros do terceiro setor (ONGs, OSCIPs, Cooperativas, Movimentos Sociais, Associações Comunitárias, Sindicatos, Fundações) e público em geral.
Objetivos
  • Contribuir aos desenvolvimento da Pedagogia Social nos campos acadêmico, político e comunitário, socializando práticas e investigações que fundamentam os processos educativos sociais e populares, com especial ênfase no contexto ibero-americano.
  • Oportunizar o debate e o compartilhamento de ideias, bem como propostas e projetos de educação social e educação popular no âmbito Ibero-americano.
  • Consolidar e, no seu caso, gerar novas dinâmicas de relacionamento e intercambio científico, acadêmico e profissional entre diferentes coletivos e instituições, possibilitando a construção compartida dos marcos teóricos e práticos que tenham como suporte a Pedagogia Social, a Educação Social e a Educação Popular, nos seus contributos a uma sociedade local-global mais justa e coesa.

Eixos temáticos

1. Educar para a Cidadania e Direitos Humanos na sociedade global local:
  • A Cidadania e os Direitos Humanos no fazer da Educação Popular e Educação Social;
  • Os movimentos sociais e cívicos no desenvolvimento da Educação Popular e Educação Social;
  • A Pedagogia Social no diálogo cultural: contribuições à convivência e qualidade democrática num contexto de globalização;
  • A política educativa e social como garantia dos Direitos Humanos: realidades e compromissos de futuro.

2. Educação Popular e Social na luta contra a pobreza e a exclusão social:
  • A pobreza e a exclusão social nas sociedades do terceiro milênio: problemáticas específicas no eixo socioeducativo;
  • O papel da educação na luta contra a pobreza e a exclusão social: dos objetivos aos resultados nos Programas Nacionais e Internacionais;
  • A Educação Popular e a Educação Social como estratégias para o empoderamento de coletivos específicos;
  • A coesão e a inclusão social na ação socioeducativa e comunitaria local.

3. As Redes Sociais como cenário pedagógico-social:
  • As redes sociais na comunicação e a cooperação local global desde a perspectiva educativa, cultural e social;
  • Educar e educar-se socialmente em rede: novas formas para a socialização e ação socioeducativa;
  • Possibilidades e limitações da Pedagogia Social na construção de comunidades educativas em rede;
  • A Educação Popular e a Educação Social em Rede: experiências e alternativas para “outra” globalização;

4. A Pedagogia Social como referência científica e acadêmica no diálogo “Educação Popular–Educação Social”:
  • Do conhecimento a ação: O que pode aportar a Pedagogia Social à Educação Popular?
  • Da ação ao conhecimento: O que pode aportar a Educação Popular à Pedagogia Social?

5. A Pedagogia Social na construção da acessibilidade universal: possibilidades educativas de articulação em diferentes tempos e espaços.
  • O direito a uma acessibilidade universal ao longo de toda a vida: Os contributos teórico-práticos da Pedagogia Social.
  • A acessibilidade nas realidades da vida cotidiana: possibilidades e limites da educação em diferentes contextos e realidades.

Áreas de trabalho
  • Experiências e projetos educativos e sociais.
  • Estudos e investigações de orientação básica e/ou aplicada.
  • Reflexões e aportes de natureza teórica, programática ou prospectiva.
Fonte: ULBRA
Maiores informações: http://www.ulbra.br/congressopedagogiasocial2011/

0 comentários:

Postar um comentário