terça-feira, 29 de maio de 2012

Os fatos históricos, as memórias e os nossas sensações perante ambos

Por Noé Gomes

Imagem 1: João do Pulo Fonte da imagem: Reuters publicada no site UOL Esportes
Imagem 2:  O  Cordobazo, assim como no Brasil que houve a Marcha dos 100 mil em 1969, o  Cordobazo  foi um dos tantos movimentos contrários ao processo ditatorial da América Latina, isso um ano depois do Maio Francês de 1968 Fonte da  imagem: História en La Guia 2000.
Imagem 3: britânicos chegam ao topo do Everest em 1953. Fonte da imagem: Blog Hoje na História
O Blog Hoje na História faz menção a três grandes fatos ocorridos em  29 de maio: a morte de João do Pulo em 1999, uma perda enorme para o esporte brasileiro, Cordobazo, o maio francês da Argentina ocorrido em 1969 o ano que nunca acabou e a chegada ao Everest em 1953,  

Como afirma  Raimundo Nonato Pereira Moreira¹, num artigo interessantissimo "Hstória e Memória: algumnas observações":    
A Memória, no sentido primeiro da expressão, é a presença do passado. A memória é uma construção psíquica e intelectual que acarreta de fato uma representação seletiva do passado, que nunca é somente aquela do indivíduo, mas de um indivíduo inserido num contexto familiar, social, nacional.(...) (MOREIRA, s/d, pág. 1)
Portanto, este tipo de lembrança, ao meu ver é importante, já que liga-nos momentos próximos e esta ligação podemos fazer inúmeras reflexões, uma delas atrevo-me fazer neste momento, ao ver estas recordações me lembrei daquela famosa música de Roberto Carlos², Emoções:

Quando eu estou aqui
Eu vivo esse momento lindo
Olhando pra você
E as mesmas emoções
Sentindo...
São tantas já vividas
São momentos
Que eu não me esqueci
Detalhes de uma vida
Histórias que eu contei aqui...
Amigos eu ganhei
Saudades eu senti partindo
E às vezes eu deixei
Você me ver chorar sorrindo...
Sei tudo que o amor
É capaz de me dar
Eu sei já sofri
Mas não deixo de amar
Se chorei ou se sorri
O importante
É que emoções eu vivi...
(...)

O fato é que História também se faz com momentos tristes e alegres  e principalmente com emoções. Pois História, tem cheiro, cor, sabores, sensações e acima de tudo ela tem a nossa participação como agentes históricos.

_______________
¹ MOREIRA, Raimundo Nonato Pereira. Hstória e Memória. Disponível em: http://www.fja.edu.br/proj_acad/praxis/praxis_02/documentos/ensaio_2.pdf. Acesso em: 29/05/2012.


² Letra extraída do site "Terra Letras". Disponível em: http://letras.terra.com.br/roberto-carlos/48587/. Acesso em: 29/05/2012

Links relacionados:

Blog Hoje na História - 1953: O homem chega ao topo do Everest.


0 comentários:

Postar um comentário