domingo, 15 de julho de 2012

Preservação da Memória da Televisão Brasileira

A televisão brasileira completou 60 anos no ar com muita história para contar. Ousadia, informação e criatividade não faltaram nessas seis décadas de existência. Mas apesar da sua importância, a memória da televisão sofreu grandes perdas: incêndios, fitas apagadas e tecnologia precária, foram algumas das causas.

O programa Ver TV trata de c como está sendo feita a preservação dos acervos das televisões no país. Muitas delas guardam verdadeiras pérolas de conteúdo, como as encontradas no acervo da extinta TVE, que possui o primeiro programa da série Vai Passar, batizado por Chico Buarque de Holanda com a música Vai Passar, de sua autoria, em 1985.

Outros assuntos estarão em destaque, como a dificuldade dos pesquisadores de terem acesso aos conteúdos audiovisuais; os desafios tecnológicos impostos pela descontinuidade dos equipamentos de reprodução; e a evolução tecnológica que permite digitalizar os conteúdos e armazená-los em fitas de dados, garantindo a sua preservação, além de colocá-lo à disposição de pesquisadores e da população em geral para consulta.

Para debater essas questões o programa convidou a pesquisadora de televisão Edna Mello, prof. da Universidade Federal de Tocantins; a radialista Rita Okamura, criadora do Centro de Memória da TV Cultura, hoje trabalhando no Museu da TV; e a gerente Executiva de Acervo da TV Brasil, Lacy Barca.






0 comentários:

Postar um comentário