domingo, 21 de julho de 2013

Visões do Brasil, Século XIX - Artes Visuais: Natureza e Escravidão na Obra de Taunay


Em sua aula no ciclo de Artes Visuais promovido pelo Instituto de Estudos Brasileiros da USP, a historiadora Lilia Schwarcz traça um retrato singular do pintor francês Nicolas- Antoine Taunay. Nos cinco anos que passou no Brasil a partir de 1816 ele produziu cerca de 30 telas, e em quase todas elas representou a natureza e a escravidão. Taunay representava os escravos brasileiros como pequenas figuras, sempre no primeiro plano das telas, e sempre ocupados com alguma tarefa. Na segunda parte de sua aula a historiadora Lilia Schwarcz mostra que o gosto pelos detalhes aparece também nas obras que ele produziu na França, quando pintava para a corte de Napoleão.

0 comentários:

Postar um comentário