sábado, 26 de dezembro de 2009

A História da África nos bancos escolares. Representações e imprecisões na literatura didática

Sabemos que com a aprovação da lei 10639/03, que tornou obrigatório o ensino da História da África e dos afrodescendentes, gerou nos meios escolares e acadêmicos algumas inquietações e muitas dúvidas. Depois de 300 anos, o negro consegue o seu espaço na história oficial do Brasil. Mas, como ensinar o que não se conhece? Para além das interrogações, a lei revela algo que os especialistas em História da África vêm alertando há certo tempo: “esquecemos” de estudar o Continente africano, como aponta o autor que deixo o link, para você baixar o texto em pdf: http://arquivosonline.vilabol.uol.com.br/Hist-africa-escola.pdf
O texto me foi enviado pela minha professora Iris Germano, e sua autoria é de Anderson Ribeiro Oliva.

0 comentários:

Postar um comentário