quarta-feira, 28 de abril de 2010

Exibições do documentário Mestre Borel: a ancestralidade negra em Porto Alegre

O documentário Mestre Borel: a ancestralidade negra em Porto Alegre traz Walter Calixto Ferreira, o Mestre Borel falando sobre suas memórias e experiências em Porto Alegre e ao redor do Brasil, ligadas a um itinerário negro nas cidades. Discorrendo sobre os saberes e fazeres de que é detentor, das culturas de matriz africana brasileira, ele narra os conhecimentos religiosos, históricos, mitológicos e artísticos oriundos das tradições africanas que remontam ao convívio com seus antepassados.
Mestre Borel ainda nos brinda com relatos sobre os percursos boêmios na cidade de Porto Alegre, ligados ao mercado público, a uma sociabilidade masculina e ao samba.
A narrativa de Borel passa por sua formação na religião, sua formação como alabè, mas principalmente o destaca como um pesquisador e profundo conhecedor da cultura afro-brasileira, o qual tem se dedicado durante toda a sua vida.
Mestre Borel: a ancestralidade negra em Porto Alegre é um documentário rico e que já nasce histórico. Oriundo de uma relação de escuta e respeito entre equipe de gravação e o entrevistado, Mestre Borel brinda a todos com suas profundas reflexões sobre a grandeza da religião, sobre a espiritualidade, sobre a memória dos bairros “negros” da cidade de Porto Alegre, sobre a vida e sobre a morte.
O documentário é co-dirigido por Baba Diba de Iyemonja, Conselheiro da CEDRAB-RS - Congregação em Defesa das Religiões Afro Brasileiras-RS, Coordenador do núcleo-RS da Rede Nacional de Religião Afro Brasileira e Saúde, Diretor da Ong Africanamente Centro de Pesquisa, resgate e preservação de Tradições Afro descendentes, Babalorixa da Comunidade Terreira Ile Axé Iyemonja Omi Olodo.
E é realizado pela mesma equipe que produziu o documentário 'Os Caminhos Invisíveis do Negro em Porto Alegre: A Tradição do Bará do Mercado' agraciado com o Prêmio Manuel Diégues Júnior, pelo Centro Nacional de Folclore e Cultura Popular (CNFCP) na categoria Importância do tema para área, em 2008, na 13ª Mostra do Filme Etnográfico, no Rio de Janeiro.
Mestre Borel: a ancestralidade negra em Porto Alegre tem financiamento da Prefeitura de Porto Alegre – Secretaria Municipal da Cultura – FUMPROARTE, produção da Ocuspocus Imagens. Apoio do Restaurante Marco Zero, da Fitasul, do Banco de Imagens e Efeitos Visuais, da Comunidade Terreira Ile Axé Iyemonja Omi Olodo, do Memorial do Rio Grande do Sul, do Mercado Público de Porto Alegre.
Ficha Técnica do Documentário
Roteiro e pesquisa Ana Luiza Carvalho da Rocha Direção de Fotografia e Edição Rafael Devos Som Direto e Paisagem Sonora Viviane Vedana Fotografia Olavo Ramalho Marques Assistência de edição Guilherme Deporte Assistência de produção Inara Moraes Arte Gráfica Malu Rocha Transcrições Stéphanie Bexiga Produção executiva Anelise Gutterres Co-direção Baba Diba de Iyemonja Direção Anelise Gutterres
Nesta terça-feira, houve exibição e lançamento do documentário com a presença do Mestre Borel, nos altos do Mercado Público de Porto Alegre.
O documentário será exibido também nas datas e locais abaixo:
Dia: 29 de abril, às 16h

Local: Auditório do Memorial do Rio Grande do Sul

Rua Sete de Setembro, 1020 - Praça da Alfândega - Porto Alegre

Dia: 01 de maio, às 16h

Local: Comunidade Terreiro Ilê Asé Iyemonja Omi Olodô

Rua Nunes Costa n° 1137 – Bairro São José - Porto Alegre

0 comentários:

Postar um comentário