terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Feliz Aniversário Rádio Gaúcha

Fundada em 08 de fevereiro de 1927, a segunda emissora de rádio mais antiga do Rio Grande do Sul, comera hoje 84 anos. Sua primeira razão social era "Rádio Sociedade Gaúcha", uma sociedade fundada por Alcides Cunha, Carlos Freitas, Leovegildo Velloso, Gabriel Fagundes Portella, Ivo Barbedo, Olavo Ferrão Teixeira e José Baptista Ferreira.
Atualmente pertence ao Grupo RBS, alías é a semente do grupo fundado pelo radialista e jornalista Mauricio Sirotsky Sobrinho.

Junho de 1957

Um desafio coloca-se à frente de Maurício Sobrinho, que do nome artístico omite então o sobrenome Sirotsky. Deixando o posto – muito confortável, diga-se de passagem – de principal animador de auditório na principal rádio do estado, a Farroupilha, ele começa a transição de empregado para patrão.

Arnaldo Ballvé e Maurício Sobrinho
Junto com Arnaldo Ballvé, proprietário das Emissoras Reunidas, um grupo, na época, de 15 estações de rádio do interior gaúcho, Maurício é o nome mais conhecido da nova composição acionária da PRC-2 – Rádio Gaúcha, assumindo ainda o cargo de diretor da emissora. A relação entre os dois começara em 1946, quando Ballvé montou a Rádio Passo Fundo, colocando na gerência Maurício, então um dos locutores da Propaganda Sonora Guarany, o serviço de alto-falantes que funcionava no centro da cidade. Em junho de 1950, criam juntos a Rádio Publicidade, voltada à representação comercial, em Porto Alegre, das Emissoras Reunidas e outras estações do interior do Rio Grande do Sul. Sete anos depois, sem a participação de Ballvé, Maurício Sobrinho, com outros sócios, inaugura a Mercur Publicidade, negociando, em seguida, sua parte na agência em troca de títulos para participar da compra da Gaúcha, até então controlada pela Comercial, Industrial, Representações, Exportações e Importações S.A. (Cirei), que, por sua vez, adquirira a estação dos herdeiros de Arthur Pizzoli. A PRC-2, embora não possua grandes dívidas, fatura pouco mais da metade do que gasta para se manter funcionando. No negócio em que é sócio minoritário, Maurício começa a se transformar no principal empresário do setor de comunicação de massa do Sul do país, à medida em que vai criando a Rede Brasil Sul. Nos primórdios da RBS, mescla esforço, aproveitamento dos recursos existentes, prestígio pessoal e uma certa dose de intuição e ousadia.

No dia 3 de julho, às 21h35, os novos proprietários da Gaúcha anunciam ao microfone da PRC-2 a sua integração às Emissoras Reunidas, formando no futuro, como registram os jornais, “a primeira grande cadeia fixa do Rio Grande do Sul”, o que nunca vai se efetivar. Conforme registro da Junta Comercial do Rio Grande do Sul, duas semanas depois, no dia 18, uma assembléia dos acionistas da Rádio Sociedade Gaúcha S.A. efetiva a reestruturação societária. Arnaldo Ballvé fica com 51% do negócio, com o restante dividido em três partes iguais entre Frederico Arnaldo Ballvé, Maurício Sobrinho e Nestor Rizzo.

Rádio Gaúcha, embrião do Grupo RBS
Em 1957, Maurício Sobrinho adiquire o restante da Rádio Gaúcha e dando o pontapé inicial do Grupo RBS. que é formado por um conglomerado de empresas de comunicação.
Candido Norberto

A  Gaúcha além de ser a emissora mais antiga do RS é uma rádio  com feitos históricos para o rádio  no estado, como o fato de ter sido reconhecida a primeira emissora do Rio Grande do Sul a transmitir uma Copa do Mundo de Futebol, a Copa de 1950, realizada no Brasil.
Com tudo isso, resta somente dizer "Parabéns Rádio Gaúcha"






Mais:
Retrospectiva dos 84 anos da Rádio Gaúcha

Fonte:
Blog Caros Ouvintes - 80 anos da Rádio Gaúcha. Disponível em: http://www.carosouvintes.org.br/blog/?p=4148
Blog História do Rádio Joseene - História da Rádio Gáucha. Disponível em: http://historiadoradiojoseense.blogspot.com/2010/06/historia-da-radio-gaucha.html
Dóris Fagundes Haussen. Rádio brasileiro: uma história de cultura, política e integração. Disponível em: http://www.pucrs.br/famecos/radiofam/downloads/radio_brasileiro.pdf

0 comentários:

Postar um comentário