segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

Acervo de Pedro Augusto Mentz Ribeiro é doado a Universidade FEEVALE

video

Feevale recebe doação de acervo sobre arqueologia.
Por: Paulo Langaro e Rivelino Meireles
Novo Hamburgo - O acervo da biblioteca da Feevale recebeu reforços históricos na última semana. Parte do trabalho do arqueólogo Pedro Augusto Mentz Ribeiro, um dos maiores profissionais brasileiros da área, foi doado à instituição. A universidade estima que sejam mais de 35 mil itens entre livros, periódicos científicos, anais de congressos, mapas, dissertações, teses e outros materiais. As peças já estão sendo catalogadas e estarão à disposição do público de maneira gradual ainda no primeiro semestre deste ano, mas não há previsão de quando tudo estará acessível. As obras não estarão disponíveis para empréstimo domiciliar, mas poderão ser consultadas mediante agendamento.

A doadora, Catharina Torrano Ribeiro, é viúva do arqueólogo, falecido em 2006, e atuou com ele durante muitos anos. Ela explica que resolveu repassar o trabalho do marido por acreditar que ele será mais útil em uma universidade do que guardado em casa. Segundo ela, a escolha pela Feevale se deu em função da ligação afetiva do marido com a cidade de Novo Hamburgo. "A família dele toda é daqui e ele passou parte da carreira aqui", conta.

Incremento para diversas graduações

Para a professora de História da Feevale e pesquisadora das questões indígenas, Inês Caroline Reichert, a disponibilidade do acervo significa a oportunidade da ampliação de conhecimentos por parte de alunos das mais diversas áreas. "O professor Pedro Augusto foi um dos pioneiros da arqueologia no Brasil. E suas produções, suas teses e seus manuscritos serão valiosos para o aprofundamento de pesquisas", destacou Inês.
No acervo colocado em um local isolado no quarto andar da biblioteca da Feevale, estão livros, revistas e slides. "São milhares de itens que podem ser utilizados principalmente por alunos dos cursos de História, Artes, Direito e Turismo", observou o bibliotecário Cássio Felipe Immig.

Trajetória de sucesso

Foto: site Instituto
Achietano - Unisinos
São Leopoldo
Pedro Mentz Ribeiro nasceu em São Leopoldo, em 1937, e foi destaque tanto como arqueólogo quanto como professor. Além das escolas hamburguenses, ele também deu aulas de Arqueologia na Faculdade de Filosofia de Santa Cruz do Sul. Sua carreira também teve relevância internacional: fez pós-doutorado em Portugal e foi membro da Sociedade Argentina de Antropologia. Suas pesquisas contribuíram com informações para a tradição tupi-guarani, taquara, vieira, humaitá e umbu.
SAIBA MAIS
O acervo foi reunido durante toda a carreira do leopoldense Pedro Mentz Ribeiro, um dos expoentes da arqueologia brasileira
A Feevale estima que a doação tenha mais de 35 mil peças
A catalogação do acervo já iniciou e não há previsão de quando estará totalmente disponibilizada São livros, periódicos científicos, anais de congressos, mapas, dissertações e teses. O público poderá acessar esses materiais de maneira gradual, conforme a catalogação avançar. Não será possível realizar consulta domiciliar, apenas na própria universidade e com agendamento

Texto publicado no Jornal NH no dia 05 de janeiro de 2011. Disponível em: http://www.jornalnh.com.br/site/noticias/ensino,canal-8,ed-149,ct-730,cd-300700.htm

0 comentários:

Postar um comentário