quinta-feira, 14 de abril de 2011

137 anos da primeira ferrovia do Rio Grande do Sul

Há 137 anos, era inaugurada a primeira linha férrea do Rio Grande do Sul, confiram o texto do "Blog Porto Alegre uma História Fotográfica":
A Estrada de Ferro Porto Alegre a Novo Hamburgo foi a primeira implantada em território gaúcho. Sua criação começou a ser discutida na Assembléia Provincial em 1866, tendo em vista a necessidade de construir uma ferrovia que possibilitasse o escoamento da produção agrícola do Vale dos Sinos, zona de colonização alemã. Os objetivos da imigração estavam plenamente justificados porque São Leopoldo se transformara num verdadeiro celeiro e também no epicentro do processo de ocupação dos vales e encostas da serra.
O transporte fluvial satisfez as necessidades da zona colonial até que as pressões exercidas pela demanda e a vitalidade da produção, condicionaram sua insuficiência e exigiram novas alternativas. Após vários meses de debates a Assembléia Provincial decide, em 1866, abrir concorrencia pública para a abertura de uma estrada de ferro. Um grupo empresarial britanico representado pelo Sr. John Mac Ginity foi o vencedor com um projeto que previa a construção de uma linha férrea entre Porto Alegre e Novo Hamburgo em duas etapas. Na primeira fase, em três anos, a linha ligaria Porto Alegre a São Leopoldo e posteriormente, em mais dois anos, chegaria ao então povoado de Novo Hamburgo em um percurso que totalizava 43 Kms. Após alguns entraves, vencidos por modificações no contrato original, os trabalhos são inaugurados oficialmente no dia 26 de novembro de 1871 na cidade de São Leopoldo. A partir desta data as obras se iniciaram e no dia 14 de abril de 1874 ocorreu a solene inauguração do primeiro trecho.Tinha uma extensão de 33.756 mts. E compreendia as estações de Porto Alegre, Canoas,Sapucaia e São Leopoldo. Somente em 1876 é que foi inaugurada a estação de Novo Hamburgo. Com isso se completava o traçado previsto inicialmente.A companhia deu por encerradas as obras no dia 08 de maio de 1877. 
A companhia começou a operar comercialmente em 1874 com o nome de “The Porto Alegre and New Hamburg Brazilian Railway”.
Esta linha férrea ligava Porto Alegre à zona colonial alemã e era inevitável que provocasse profundas alterações ao longo dos 43 quilometros De sua extensão. Encurtou as distancias, acelerou o comércio e a produção e alterou a paisagem de forma bastante significativa.
Em 15 de agosto de 1903, foi inaugurado o prolongamento da linha de Novo Hamburgo até Taquara em uma extensão de 46 quilometros. Esta linha tinha as estações intermediárias de Hamburgo Velho, Canudos, Campo Bom, Sapiranga, Amaral Ribeiro, Nova Palmeira, Campo Vicente e Parobé.
Os ingleses controlaram a estrada durante três décadas até ser encampada pelo governo da União em 6 de junho de 1905. Após a emcampação, a estrada foi transferida para a Compagnie Auxiliare des Chemins de Fer au Brésil de capital belga.Em 1920 a velha e pioneira estrada foi incorporada pela Viação Férrea do Rio Grande do Sul (V.F.R.G.S.) que imediatamente, em 1922, prolongou a linha até Canela graças aos esforços e ao denodo do empresário João Corrêa Ferreira da Silva que bancou econômica e financeiramente o empreendimento. A linha Porto Alegre -Taquara - Canela tinha 149 Kms. de extensão além de trinta estações e paradas.
A desativação desta estrada ocorreu por etapas. Em março de 1963 o trecho entre Novo Hamburgo e Canela foi suprimido por ser considerado anti-economico. Em 1965 o trecho entre a Estação Rio dos Sinos e Novo Hamburgo foi desativado pelos mesmos motivos. O movimento de trens entre esteio e São Leopoldo foi paralisado em 1980 e finalmente, em 1982 a ferrovia foi totalmente desativada.
Atualmente, o Trensurb realiza o mesmo trajeto entre Porto Alegre e Novo Hamburgo que a velha ferrovia iniciou fazendo há 137 anos. Isto somente comprova o acerto histórico e a correta decisão política que foi a  implantação desta estrada de ferro pioneira.


Imagens da Antiga Estação São Leopoldo 
A estação, sem data, ainda em sua forma original.
Foto do livro Centro de preservação da história da ferrovia no
Rio Grande do Sul 
A estação em 11/2003. Foto Paulo Szabadi
Fotos: Site Estações Ferroviárias do Brasil

0 comentários:

Postar um comentário