quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Documentário Mistério Farroupílha


O Núcleo de Especiais da RBS TV, veículou o documentário Mistério Farroupilha exibido em 2008, um vídeo com aspectos interessantes como a fuga do líder farrapo Bento Gonçalves da prisão na Bahia foi possível com a ajuda dos maçons. A Igreja Católica no Rio Grande do Sul, durante a Guerra dos Farrapos, esteve separada da Igreja Superior do Rio do Janeiro, e por consequência, do Vaticano. Símbolos na bandeira, no brasão e na própria arquitetura dos prédios públicos e privados no Estado fazem referências a símbolos da maçonaria, como o esquadro, o martelo, o delta e o olho que tudo vê. É possível que os principais líderes farrapos tenham sido influenciados por ideais republicanos difundidos em reuniões maçônicas? Os membros da Igreja foram perseguidos por não aceitarem a constituição da República Piratini e uma igreja própria?
Muitos questionamentos rondam os mistérios sobre a Revolução Farroupilha. A influência da maçonaria nas decisões e conflitos que aconteceram nos dez anos de sangrentas lutas e a cisão da Igreja Católica do Rio Grande do Sul com o Vaticano são assuntos abordados no documentário Mistério Farroupilha, especial sobre a Guerra dos Farrapos.
Com depoimentos de historiadores, líderes maçônicos e estudiosos católicos, o documentário sugere questionamentos sobre esses mistérios perdidos na história oficial do Rio Grande do Sul

Ficha técnica:

Direção de Marta Biavaschi. A pesquisa é de Carlos Urbim. Roteiro de Grace Luzzi e Vicente Moreno. Fotografia de Pablo Escajedo e arte de Bernardo Zortéa. Produção de Gino Basso e trilha sonora de Arthur de Faria. A coordenação de produção é de Nice Sordi. Direção Geral de Gilberto Perin. Realização: RBS TV de Porto Alegre.
Texto original extraído de: http://www.clicrbs.com.br/rbstv/jsp/default.jsp?programa=3&nome=misteriofarroupilha&pSection=1073&grupoid=0&uf=1&local=1

0 comentários:

Postar um comentário